Vila Nova de Gaia. Confessa às autoridades que matou a mãe

Uma mulher de 48 anos dirigiu-se à esquadra de Celofeita, no Porto, esta quinta-feira, para confessar que matou a mãe.  O crime aconteceu há 15 dias, mas só ontem decidiu confessar o que aconteceu. 

Foram anos de violência. A vítima, de 69 anos, perdoou sempre os ataques da filha e até negava aos vizinhos que era alvo de agressão. No entanto, as nódoas negras ao longo dos anos não deixavam margem para dúvidas.

Há 15 dias, a filha decidiu colocar fim a vida da mãe e manteve o cadáver dentro de casa, onde as duas viviam em Vilar do Andorinho, Vila Nova de Gaia. Segundo o Correio da Manhã, esta quinta-feira confessou que asfixiou a progenitora até esta morrer.

You may also like...