Treinador pede PERDÃO em carta aos familiares das crianças presas em gruta

Treinador pede PERDÃO em carta aos familiares das crianças presas em gruta

Através dos mergulhadores, os meninos e o treinador de futebol que estão numa gruta inundada na Tailândia enviaram carta. Mas, o treinador chegou mesmo a pedir perdão aos familiares dos seus pupilos.

“Agradeço a todos o apoio moral, peço perdão a todos os pais. Aos pais das crianças digo que eles estão todos bem, estão a tomar bem conta de nós. Prometo que eles estão o melhor possível. Agradeço a todos o apoio moral, peço perdão a todos os pais”, escreveu Ekkapol Chantawong de 25 anos.

Por sua vez, as crianças também enviaram cartas “Diz ao Pi Yod que se prepare para me levar a comer frango frito, amo-vos” ou “Estou bem mas está um pouco de frio. Não se preocupem comigo e não se esqueçam de celebrar o meu aniversário”.

Deixe um comentário