“João Félix foi vendido por 48 milhões de euros”

Antigo vice-presidente do Benfica apresenta as contas todas quanto ao negócio de João Félix para o Atlético de Madrid. O cada vez mais candidato às próximas eleições do Benfica diz que João Félix foi vendido apenas por 48 milhões de euros… acusando Vieira de transformar o clube numa “agência ou entreposto de jogadores”.

De 2010 a 2019, entraram no Estádio da Luz (de acordo com o Observatório do Futebol – CIES) 780 milhões de euros. Uma média – fácil neste caso – de 78 milhões de euros, por ano, de vendas de jogadores feitas pelo Benfica. Parabéns aos que ganharam muito dinheiro com todas essas vendas – sejam lá eles quem forem, portugueses ou não, e com escritórios na Europa, no Médio Oriente, em África ou, até, noutras paragens menos prováveis

 

Façam então essa contabilidade! Se aos 120 milhões de venda de João Félix retirarmos 12 para Jorge Mendes (…), 20 por RDT que não precisaríamos, 17 por Vinícius que nunca jogará a sério no Benfica, 2,5 por Cádiz que nunca jogará no Benfica, 3,95 (de comissões destas compras, algumas, como a de Vinicius, que são uma vergonha) e, agora, 16,5 por Mattia Perin (15 mais 1,5 de comissões)… Pois é… João Félix terá sido vendido por 120 milhões menos 71,95 milhões (…). Ou seja, por 48,05 milhões de euros! Isto é, vendemos, na prática, João Félix por 48 milhões. É este o Benfica que querem?”, disse RGS.

 

You may also like...