PRAXE VIOLENTA: aluno aterrorizado faz queixa

PRAXE VIOLENTA: aluno aterrorizado faz queixa

Recentemente, um estudante do primeiro ano do curso de Ciências Biomédicas da Universidade da Beira Interior apresentou queixa. O jovem confessa que foi alvo de uma praxe violenta por parte de um “grupo secreto”.

Para a Lusa, a Universidade informou “A UBI fez chegar ao Ministério Público da Covilhã uma queixa relativa a atos de violência que terão ocorrido na última semana, entre alunos da instituição… Provando-se os factos, a sanção poderá chegar à interdição da frequência da UBI durante 5 anos”.

Deixe um comentário