PJ varre 18 câmaras municipais por suspeitas de corrupção

A Polícia Judiciária do Porto realizou buscas em 18 municípios e empresas de transporte público. Com a operação “Rota Final”, a PJ realizou 50 buscas, domiciliárias e não domiciliárias que envolveram cerca de 200 elementos.

Alegadamente, a operação “Rota Final” pretende investigar as suspeitas de “práticas de corrupção, tráfico de influências, participação económica em negócio, prevaricação e abuso de poder”.

De acordo com o comunicado da PJ, as autarquias que foram alvo de buscas são as seguintes: Soure, Moimenta da Beira, Águeda, Oleiros, Tarouca, Belmonte, Almeida, Oliveira de Azeméis, Armamar, Pinhel, Fundão, Oliveira do Bairro, Barcelos, Sertã, Cinfães, Lamego, Braga e Guarda.

Esta operação partiu de suspeitas relativamente aos contratos de prestação de serviços de transportes, os quais não terão seguido as regras da concorrência “através de um esquema fraudulento da viciação de procedimentos de contratação pública”.

You may also like...