Pai exige um milhão após professora cortar cabelo da filha

Uma professora cortou o cabelo de uma menina de 7 anos sem permissão. Agora, o pai da menina está a exigir um milhão de dólares de indemnização e ainda está a processar um assistente de um professor, um bibliotecário e o agrupamento escola por ofensa à integridade física e agressão.

A Associated Press refere que Jimmy Hoffmeyer ainda acusa de intimidação étnica, discriminação racial e inflição intencional de sofrimento emocional.

Segundo a ação judicial, o agrupamento escola “falhou em treinar, monitorizar, gerir, disciplinar e supervisionar adequadamente os seus funcionários, e sabia ou deveria saber que os funcionários envolver-se-iam no tipo de comportamento denunciado devido a treino, costumes, procedimentos, políticas impróprios e falta de disciplina”.