Morreu segundo trabalhador que ficou soterrado em Vale de Cambra

Januario Sousa, 58 anos, não resistiu aos ferimentos sofridos na sexta-feira e morreu este domingo, no hospital de Gaia.

Quatro trabalhadores ficam soterrados na consequência do desabamento da fachada de uma casa na passada sexta-feira, em Vale de Cambra.

Paulo Pinho, de 46 anos, morreu no local e Januario Sousa foi transferido para o hospital em estado grave. No entanto, acabou por não resistir aos ferimentos.

You may also like...