Miss de Inglaterra é uma das heroína da vacina contra a Covid-19

Em 2014, Carina Tyrrell foi Miss Inglaterra. Mas, atualmente, é novamente falado no Mundo, após ter trocado as coroas pela bata de laboratório. Afinal, ela é uma das cientistas de Oxford que está a fazer estudos para assegurar que as vacinas contra a Covid-19 são eficientes.

Para o Daily Star, a jovem de 31 anos lidera a equipa que está a trabalhar com as vacinas da Moderna, AstraZeneca e Pfizer. “Tenho analisado todas as vacinas com a minha equipa e publicámos investigação há alguns meses. Nessa altura fizemos um balanço de 728 estudos, sobre as vacinas da Pfizer, Moderna e Oxford/AstraZeneca. Tenho estado debruçada sobre os ensaios clínicos e terapêuticos para identificar a vacina mais promissora contra Covid-19 e os candidatos a recebê-la. E claro, tenho que garantir que a vacina cria imunidade sem riscos e que é relevante para determinados grupos”, explica.

A Dra. Carina Tyrrel não esquece o passado e mantém-se como júri da competição. “Eu ainda apoio o Miss Mundo e o Miss Inglaterra, aliás ainda sou jurí do Miss Inglaterra. Mas nunca pensei que seis anos depois de ganhar seria parte de uma equipa que está a investigar a vacina durante uma pandemia global desta escala. É importante que as pessoas sejam vacinadas e encorajo todos a aceitarem a vacina quando lhes for oferecida”, alerta.

You may also like...