Ministra brasileira diz que gays são “doentes” e que amor entre mulheres é aberração

Ministra brasileira diz que gays são “doentes” e que amor entre mulheres é aberração

A ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos do Brasil, Damares Alves volta a ser o centro da polémica, após o seu discurso numa clínica de “restauração oriental”. Depois da frase “rapaz veste azul, rapariga veste rosa”, torna a fazer declareções que indignam milhares de pessoas.

“Não estão a falar só de se*o, eles estão a falar de aberrações, se*o com animais, se*o entre mulher com mulher, homem… eu falei aberração, tu edita isto”, diz a ministra do governo de Bolsonaro.

Na clínica, Damares afirma que se rege pela Bíblia e discursa “Quem é que acolhe os travesti doentes ou homo*exuais doentes? Somos nós, nós não somos homofóbicos, mas de repente declararam guerra contra nós, nós não somos homofóbicos”.

Quem denunciou a ministra foi um dos “pacientes” do “tratamento de restauração”, o qual foi convencido de que sofria um transtorno por ser gay.

Deixe um comentário