Menina espancada e deixada à morte comida por ratos

Uma menina de quatro anos, com Síndrome de Down, foi espancada e deixada a morrer no berço. O corpo foi comido por ratos na casa onde vivia com a família em Brisbane, na Austrália.

O caso está a chocar não só a população local, como o mundo todo. O pai e madrasta estão detidos por suspeita do homicídio. Willow Dunn, de quatro anos, foi espancada sem piedade e o corpo já foi encontrado em avançado estado de decomposição, depois de ter sido parcialmente comido por ratos.

De acordo com o Correio da Manhã, a autópsia revela que a menina foi agredida, apresentava sinais de “mal-nutrição extrema”, marca de “queimaduras na cabeça”, aparentemente causadas por cigarros, e feridas infetadas no abdómen. O casal foi acusado de homicídio e estão presos a aguardar julgamento.

You may also like...