Meia hora de amor, uma cerveja e uma salsicha…por apenas 15 euros!

Meia hora de amor, uma cerveja e uma salsicha…por apenas 15 euros!

A Alemanha transformou-se no maior bordel da Europa, após legalizar a prostituição em 2002. O objetivo seria melhorar as condições de trabalho das mulheres e, talvez, resolver um problema de saúde pública. Por sua vez, ajudava a encher os cofres do Estado com os impostos.

Desde o verão passado, o preço fixo é proibido (apesar de continuar a ser praticado). Segundo Sandra Norak, uma mulher que se prostitui entre 2008 a 2014, os homens “não nos veem como pessoas, mas como pedaços de carne… cada vez querem mais [amor] por menos [dinheiro]”. A jovem confessa “Entrar [na prostituição] é fácil, difícil é sair… Muitas entram porque acham que é só mais um trabalho. Nem imaginam a violência que vão sofrer”.

Alguns bordeis oferecem um “pacote” para quem não tem muito dinheiro nem dinheiro com direito a 30 minutos com uma prostituta, uma salsicha e uma cerveja, tudo por…15 euros! “Ir a um bordel e comprar uma mulher é como ir comprar cigarros”, confessa.

Deixe um comentário