Médico suspeito de assassinar pacientes com Covid-19 para libertar camas em hospital

Um médico italiano de 47 anos é suspeito de matar pacientes com Covid-19 com doses letais de anestésicos, com o intuito de “libertar camas”. Esta situação aconteceu em março de 2020 em Itália!

As vítimas de Carlo Mosca foram Natale Bassi de 61 anos e Angelo Paletti de 80 anos. Algumas mensagens de WhatsApp foram intercetadas e as enfermeiras denunciaram-no! “Não vou matar doentes só porque ele quer libertar camas”, admitiu uma enfermeira naquela altura, embora a situação esteja uma “loucura”.

You may also like...