Marcelo visita bairro da Jamaica “Não peço o cadastro criminal para falar ou tirar selfies”

Marcelo visita bairro da Jamaica “Não peço o cadastro criminal para falar ou tirar selfies”

Esta terça-feira, o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa visitou o bairro Jamaica com o intuito de combater um “clima de guerra racial” em Portugal. Em declarações aos jornalistas, confessou que verificou “as condições sociais e o projeto de realojamento” e contatou “com todos, sem exceção”.

“Porque eu sou Presidente de todos os portugueses. Portanto, eu, normalmente, quando pela rua contacto com os portugueses, não peço o cadastro criminal, nem o cadastro fiscal, nem o cadastro moral para falar com eles ou tirar selfies – não, é com todos”, respondendo ao presidente da Associação Sindical dos Profissionais de Polícia (ASPP), Paulo Rodrigues.

“Os portugueses percebem facilmente… não houve uma guerra de um bairro negro contra uma polícia branca, ou de uma polícia branca contra um bairro negro. Não compreendo, francamente, como se pode equiparar comunidades e forças de segurança. São coisas diferentes. Por definição, as forças de segurança exercem a sua autoridade relativamente a todas as comunidades no espaço nacional, urbano ou não urbano. E estar a querer comparar, equiparar essas realidades é diminuir o papel das forças de segurança.

As forças de segurança só ganham em perceber que, ao alimentarem a ideia de que há um confronto no mesmo plano com qualquer comunidade sobre a qual têm de exercer autoridade, estão a diminuir-se.”, revela Marcelo.

Deixe um comentário