Marcelo Rebelo de Sousa lamenta morte de PSP atropelado em Évora

Marcelo Rebelo de Sousa lamentou a morte de António Doce, o PSP atropelado em Évora quando tentava travar um crime de violência doméstica. 

“Foi com profunda consternação que o Presidente da República tomou conhecimento da morte do Agente Principal António José Pinto Doce, vítima de um brutal atropelamento em cumprimento da sua missão no Rossio de São Brás, em Évora. Mais um exemplo nacional de alguém que, mesmo não estando em serviço, deu a vida pelo próximo e a quem Portugal deve sentida homenagem”, lê-se numa nota no site da Presidência.

O Presidente da República já falou com a viúva do polícia, tal como refere a mesma nota. De recordar que António Doce morreu atropelado por guarda prisional ao tentar travar crime de violência doméstica.

You may also like...