Manuel Luís Goucha longe da comunidade LGBTQIA+: “Sou contra os gueto”

Manuel Luís Goucha garantiu que não quer ser associado à bandeira LGBTQIA+, até porque é contra guetos. 

“O facto de eu ser homossexual não me faz nem mais nem menos do que qualquer outra pessoa. Estou integrado numa sociedade que é a sociedade portuguesa“, começou por dizer em entrevista à NIT.

“Não sou, não quero ser nem nunca serei bandeira de coisíssima nenhuma. Eu não me guetizo. Sou contra os guetos. Nunca na minha vida me guetizei pelo facto de ter uma orientação sexual. A orientação sexual não me define e portanto eu não sou bandeira de uma comunidade, seja ela qual for“, acrescentou.

O facto de não ser bem visto pela comunidade LGBTQIA+ não o afeta, muito pelo contrário. “A minha postura diária, mesmo quando estou ao lado do Rui num programa de televisão, faz mais pela comunidade LGBT do que muitas pessoas da comunidade LGBT que têm posições de radicalismo. E eu não suporto radicalismo“, concluiu.

Também é notícia: Elma Aveiro sem ‘papas na língua’: “Gente frustrada, temos pena que não tiveste a nossa sorte, chupa”