Maior fornecedor do Mundo de imagens de pedofilia ficará preso 27 anos

Em 2013, Eric Eoin Marques de 36 anos foi preso na Irlanda e extraditado para os EUA em 2019. Ele tinha mais de 8,5 milhões de imagens relacionadas com pedofilia em servidores de computador na Dark Web. Permitia vários utilizares acederem a vídeo ilícitos que revelavam tortura e violação de bebé e crianças pequenas.

“Muitas dessas imagens envolviam abuso sádico de bebés e crianças pequenas, incluindo escravidão e humilhação com defecação e vómito”, afirma o departamento da Justiça nos EUA.

Agora, foi condenado a 27 anos de prisão e à supervisão vitalícia por um juiz em Maryland. Estima-se que ele tenha ganhou US $ 3,6 milhões com as suas atividades.