Mãe viveu oito meses com cadáver da filha em casa

Mãe viveu oito meses com cadáver da filha em casa

Durante oito meses, uma mulher de 65 anos viveu com o cadáver da filha em sua casa no estado do Michigan (EUA). A filha de 47 anos morre e a mãe não queria entregar o corpo, escondendo a sua morte.

A filha terá tido uma morte natural no mês de novembro e os vizinhos confidenciaram que a polícia encontrou o corpo “na cama, morta, enrolada em cobertores”. Nesta zona, a ocultação de cadáver é considerada crime. Nesse sentido, a progenitora arrisca uma pena até um ano de prisão.

Deixe um comentário