Mãe mata 3 filhas após quarentena em hotel

Após chegar ao seu país, vindos da África do Sul, Lauren Dickason matou as suas três filhas: duas gémeas de 2 anos e uma outra menina de 6 anos.

Depois de chegarem de férias e terem estado uns dias a cumprir quarentena num hotel, a médica de 40 anos matou as filhas na casa onde viviam, desde o final de agosto. Quem encontrou o corpo das crianças foi o pai, também ele médico.

Lauren foi transportada para o hospital e foi considerado com estado de saúde estável. Agora, é acusado de homicídio e marcará brevemente presença no Tribunal de Timaru.