Mãe queima a sua própria bebé com água a ferver e deixa-a a sofrer até à morte

De acordo com as autoridades locais, Katie Crowder de 26 anos matou a sua própria filha, após deitar-lhe com água a ferver e deixá-la em sofrimento até não conseguir resistir mais. A jovem inglesa é considerada culpada pelo homicídio da bebé de 19 meses.

Apenas quando a sua filha perdeu a consciência é que Katie procurou ajuda. Em pânico, a jovem levou a filha até casa da sua mãe e gritava “ela está morta, ela está morta!”. Afinal, a bebé já tinha 65% do seu corpo queimado.

Durante o julgamento, Katia estava em lágrimas e negou que quisesse matar a sua filha, dizendo “Jamais faria uma coisa assim”. O Ministério Público afirmou “a arguida estava a limpar e a arrumar tudo, a arranjar uma forma de explicar o que havia feito”, sendo que a bebé terá chorado durante uma hora com queimaduras grave no corpo.

You may also like...