Luís Militão tirou dois cursos na prisão e vai dar aulas fora da cadeia

Luís Militão, autor do massacre de Fortaleza, vai dar aulas fora da cadeia. Tirou dois cursos na prisão e prepara-se agora para ser professor. 

Seis empresários portugueses foram agredidos, torturados a tiro e enterrados vivos na praia do Futuro, em Fortaleza, no Brasil. O autor do massacre foi preso em 2001 e, desde essa altura, tirou dois cursos de ensino superior durante o cumprimentos da sua pena.

Segundo o Correio da Manhã, o homem do Barreiro vai ser libertado parcialmente daqui a três anos. Em 2004 poderá passar os dias em liberdade e as noites na cela até 2031, altura que vai sair totalmente me liberdade.

Militão teve redução de pena por bom comportamento e faz trabalhos de manutenção na prisão como eletricista e soldador. Contudo, chegou a ser investigado por burlas e tráfico de droga, mas foi ilibado. Tentou também fugir da cadeia, mas ficou tudo sem efeito.

Também é notícia: Promessas quebradas: Mulheres espancadas e crianças reféns no Afeganistão