Livros escolares contam para o IVAucher e acumulam com despesas do IRS

No regresso às aulas, os pais podem poupar dezenas de euros com as despesas dos filhos, uma vez que as despesas com educação podem contar para o IVAucher e ainda acumular com o IRS.

Quem adianta é o jornal Público, informando que os livros de preparação para exames, gramática, dicionários e fichas de exercícios podem ser considerados como despesas. Por norma, os manuais escolares são gratuitos do 1º ao 12º ano.

Para usufruir deste benefício tem que comprar o material em livrarias ou editoras de livros (supermercados ou papelarias não conta) e realizar as compras entre o dia 1 de junho a 31 de agosto.