Líder religioso iraniano arrasado após afirmar que quem toma a vacina da Covid-19 “torna-se homossexual”

Abbas Tabrizian, um líder religioso do Irão, afirmou que quem toma a vacina da Covid-19 “torna-se homossexual” e foi arrasado. 

“Não se aproximem dos que foram vacinados contra a Covid-19. Tornaram-se homossexuais”, escreveu, conforme informa o The Jerusalem Post. Afirmações que que geraram polémica e foram duramente criticadas por associações e várias personalidades, que as consideraram “um disparate”.

“Os líderes religiosos do Irão têm falta de conhecimento e de humanidade. Na realidade, o objetivo de disseminar estes disparates é assustar as pessoas para que não queiram ser vacinadas, já que eles todos receberam o fármaco, mas não o dão à população com a desculpa da desconfiança do Ocidente”, respondeu Sheina Vojoudi, um dissidente iraniano.

Também é notícia: Fernando Tordo mostra-se na cama do hospital a recuperar da Covid-19

You may also like...