Leão bebé torturado e mantido com patas partidas para tirar fotos com turistas

Um leão bebé foi torturado e mantido com as patas traseiras partidas para que os turistas conseguissem tirar fotografias com ele, na Rússia. 

Simba, o nome dado ao leão, tinha apenas algumas semanas quando foi retirado à mãe para servir de atração aos turistas. Os tratadores partiram-lhe as patas para que ele não conseguisse fugir. Sofreu lesões na coluna vertebral e foi abandonado mais tarde. Uma equipa encontrou o animal e deu-lhe uma nova.

“Ele praticamente não foi alimentado e, por alguma razão, era atirada água gelada para cima dele”, disse Yulia Ageeva, que comandou o resgate do animal. Como se pode ver no vídeo, o animal já consegue andar, mas terá sequelas para toda a vida.De acordo com o Daily Mail, Vladimir Putin, o presidente da Rússia, já pediu para investigarem o caso.

You may also like...