João Moura vai ser homenageado no Campo Pequeno e gera revolta

O toureiro João Moura vai ser homenageado, dia 26 de agosto, no Campo Pequeno, em Lisboa. O caso está a gerar revolta e até já foi criado um protesto chamado ‘CONTRA-HOMENAGEM AO JOÃO MOURA’. 

PAN: 

ABOLIÇÃO JÁ!
Está agendada para dia 26 de agosto uma homenagem a João Moura no Campo Pequeno. “Já é difícil de compreender que se homenageie alguém que tem por atividade torturar um animal, mas torna-se ainda mais incompreensível quando essa mesma pessoa indignou recentemente o país, gerando uma onda de consternação, ao ser tornado público que deixou os seus cães morrer à fome, facto que constitui crime contra animais de companhia e cujo processo continua em curso!” As palavras da porta-voz do PAN, Inês de Sousa Real dizem tudo!

Como se já não bastasse, vemos ainda no cartaz o nome do filho, João Moura Jr., que também ficou conhecido pelas imagens que mostravam os seus cães a atacar um touro, prática denominada de “bull-bating”!

BASTA! Lisboa – e todas as cidades – não pode continuar a ter touradas em pleno coração da cidade. E tantas propostas tem o PAN apresentado nesse sentido, nomeadamente na Assembleia Municipal pelo PAN Lisboa. Reiteradamente rejeitadas!

“Há muito que o Campo Pequeno poderia e deveria ter sido transformado apenas num pavilhão multiusos ou num centro de Congressos. E está nas mãos do Estado e do Poder local acabar com esta anacrónica atividade em Lisboa, não permitindo a quem explora o espaço que ali realize touradas ou que se homenageie alguém que tem contra si a correrem processos crime por maus tratos a animais.”

Não nos cansaremos de exigir a ABOLIÇÃO desta atividade anacrónica! Esse é o único caminho e uma das primeiras medidas que a nossa candidata à Câmara Municipal de Lisboa, Manuela Gonzaga, implementará se for eleita. Rumo às #Autárquicas2021! Rumo à #Abolição

IRA: 

Alguns órgãos de comunicação social estão a começar a dar atenção ao evento “CONTRA-HOMENAGEM AO JOÃO MOURA” criado por nós.

O motivo? Centenas de defensores dos animais confirmaram a presença no dia 26 de Agosto em frente ao Campo Pequeno, outros 5 mil mostraram interesse em comparecer.

Se apenas 10% desses 5 mil aparecerem no dia 26 de Agosto, às 19h30 no Campo Pequeno, seremos uma manifestação GIGANTE com repúdio aos crimes cometidos pelo João Moura contra os animais e indignação pela ausência de qualquer despacho referente a este processo, passados quase 2 anos.

Portanto, senhoras e senhores.
De férias ou a trabalhar, este é o momento que todos nós temos de assumir.
Já chega de revolta nos comentários nas redes sociais, já chega de lamentações, já chega de “e o que vai acontecer ao dono que os maltratou?”.

Vamos mostrar aos nossos “irmãos” do Norte que também nos sabemos unir e mostrar que esta palhaçada já foi longe demais.

Pode ser que, com a presença de TODOS, os partidos políticos percebam que os defensores da causa animal são mesmo muitos e estão decididos a mostrar a vergonha que tem sido, ano após ano, no que respeita ao bem-estar animal.