Hugo Ernano salva vida a condutora encarcerada

Na sequência de um acidente de viação, uma jovem de 20 anos ficou encarcerada numa viatura. Contudo, um militar da GNR que se encontrava de folga acabou por salvá-la na autoestrada A1, junto de Albergaria.

Apercebendo-se da gravidade do acidente, Hugo Ernano da Unidade de Intervenção da GNR em Lisboa não hesitou em ajudar. A GNR avança que o “militar, com a ajuda de alguns populares, conseguiu auxiliar a mulher, com 20 anos, que se encontrava com dificuldades em respirar, até à chegada dos meios de socorro”.

Recorde-se que, em 2008, Hugo Ernano foi condenado por ter atingido mortalmente a tiro um menino de 13 anos durante uma perseguição policial no concelho de Loures.

You may also like...