Homicida de Bruno Candé não se mostra arrependido

Evaristo Marinho, de 76 anos, não mostrou arrependido de ter assassinado Bruno Candé, em Moscavide.  O homem foi encaminhado agora para a prisão de Lisboa. 

Segundo o Correio da Manhã, o homem que se remeteu ao silêncio na segunda-feira, no Tribunal de Instrução Criminal de Lisboa, atirou agora à entrada da cadeia: “Em Angola, matei vários como este”.

 

You may also like...