Homenagem: “Quis salvar alguém que nem conhecia. Morreu e fica o exemplo!”

No passado dia 26 de maio, um jovem de 25 anos decidiu atirar-se ao mar para tentar salvar um idoso que estava em dificuldades. Mas, acabou por perder a vida e a sua morte não pode ser esquecida!

O deputado do PSD, Paulo Neves não conhece José Moniz, mas afirma “O que aconteceu tem grande valor, é uma lição extraordinária. A atitude é uma lição. Tomei conhecimento pela TV, Foi uma atitude exemplar que me deixou sem palavras.

Uma simples homenagem a um grande Cidadão. José Moniz, de 25 anos, atirou-se ao mar em Portimão para ir salvar um homem de 65 nos que estava em apuros. José Moniz não quis calcular o perigo que também corria ao se atirar para a corrente. Quis salvar alguém que nem conhecia. Morreu. Fica o exemplo. E a Homenagem”.

Além disso, o deputado esclarece “Primeiro pensei que era um cidadão português, só mas tarde soube que era angolano. A atitude é uma lição. Tem a ver com a atitude humana e não com a raça. É um exemplo numa altura em que tanto se fala de racismo. É uma história emocionante, atirar-se ao mar para salvar uma pessoa é um exemplo que emociona. E foi um cidadão de Angola a dar o exemplo”.

You may also like...