Graça Freitas confirma “Situação em Lisboa é complexa. Há 11359 pessoas sob observação”

Hoje, Graça Freitas explicou que “foram notificados 209 novos casos de infeção nas últimas 24 horas que se devem a alguns surtos localizados. Há três pequenos focos comunitários localizados no agrupamento de saúde Almada/Seixal com um total de 32 pessoas positivas… o agrupamento, a câmara e outros intervenientes têm atuado diretamente nos bairros e nos aglomerados familiares destas pessoas para tentar encontrar casos secundários e travar as cadeias de transmissão”.

Além disso, informa que foram detetados “125 pessoas positivas, com a novidade de que apareceram dois casos novos em duas empresas diferentes” na zona industrial da Azambuja, onde existe o centro logístico da SONAE.

“Está a ser feito um grande esforço de identificar precocemente estes doentes. A maior parte destas pessoas são jovens e saudáveis e a maior parte delas é seguida em domicílio. A situação em Lisboa é complexa e está sob observação mas também está sob medidas de controlo muito apertadas.

Muitas destas pessoas vivem num local e trabalham noutro e, portanto, a vigilância significa vigiar o local de trabalho e vigiar o local de habitação e o percurso. Em Lisboa e Vale do Tejo, sob vigilância das autoridades de saúde, estão 11359 pessoas”, explica a a responsável da Direção-Geral da Saúde.

You may also like...