Gémeas mudam de sexo e desabafam ”Um alívio tão grande”

Numa entrevista para a Globo, as duas irmãs gémeas de 19 anos, Sofia e Mayla anunciaram que foram operadas numa clínica privada de Blumenau, em Santa Catarina. Ambas nasceram com o s1xo biológico masculino e submeteram-se a uma cirurgia de redesignação.

Mayla é estudante de medicina numa faculdade em Buenos Aires (Argentina) e desabafa que aos 3 anos já queria ser uma menina. “Uma das lembranças mais antigas que tenho é de estar a soprar uma flor dente-de-leão e pedir a Deus para ser uma menina. Acredito em Deus, se não fosse por Ele eu não teria chegado aqui”, disse.

Agora, sente “um alívio tão grande…Nós já passamos por tanta coisa, tanto preconceito e rejeição, mas também tivemos muita solidariedade dentro da nossa família. E hoje, finalmente, posso ser quem eu sempre fui, sem esconder nada, com todo o mundo a ver”. Por outro lado, Sofia é estudante de engenharia numa universidade no interior de São Paulo e revela “Os meus pais descobriram quanto eu tinha 10 anos. Conversaram comigo… a minha mãe chorou, mas não foi de vergonha, foi com medo da sociedade”.

Aos 15 anos, elas já faziam tratamento hormonal. Pouco tempo depois, solicitaram a mudança de nomes, entrando com uma ação na justiça. Durante este período, elas asseguraram que sofreram preconceito, bullying e até ameaças de morte. Veja como estão:

You may also like...