Teoria que relaciona 5G com propagação do Covid-19 leva à destruição de torres de telecomunicações

Dezenas de atos de vandalismo foram reportados ao longo das últimas semanas devido a mentiras divulgadas na internet. Mentiras que relacionavam a propagação do coronavírus com a rede 5G! Devido a isso, dezenas de torres de telecomunicações têm sido vandalizadas!

As mensagens divulgadas através de grupos no Facebook, WhatsApp e em vídeos do Youtube afirmavam que as ondas emitidas pelo 5G causavam pequenas alterações no corpo humano que o faziam sucumbir ao vírus.

 

Segundo reporta o The New York Times, uma torre de telecomunicações foi incendiada em Birmingham a 2 de abril. Um dia depois, em Liverpool, uma caixa de telecomunicações foi também incendiada. No Reino Unido, mais de 30 atos deste tipo ocorreram em torres sem fio e outros equipamentos de telecomunicações.

O The New York Times tentou encontrar a raiz da teoria da conspiração e acabou por encontrar 487 comunidades no Facebook, 84 contas no Instagram, 52 contas no Twitter e dezenas de outras publicações e vídeos a difundir a mentira. Se no Facebook a teoria chegou a mais de meio milhão de novos seguidores nas últimas duas semanas, no Instagram uma rede de 40 contas duplicou a ‘audiência’ para 58 mil e 800 seguidores.

 

You may also like...