Mãe de Valentina faz novas revelações “Foi alguma coisa que ela viu e que ele com medo calou-a”

Numa grande entrevista à SIC, a mãe de Valentina, menina que morreu às mãos do pai na Atouguia da Baleia, diz que não queria acreditar quando através da televisão soube que tinham sido detidas duas pessoas pelo homicídio de uma menina, e o corpo havia sido encontrado. Menina que era a sua filha, Valentina.

Ainda falta saber o porquê, mas o que eu acho é que mataram a minha filha porque ela viu alguma coisa naquela casa e assim calaram-na”, de lembrar que a menina foi encontrada sem vida, num descampado. A autópsia revelou que a criança foi torturada com água a ferver, espancada e deixada a sofrer 13 horas até que não aguentou mais.

 

Sónia diz nunca ter desconfiado do ex-marido e de Márcia. “Falei com a minha filha no Dia da Mãe [3 de maio], poucos dias antes de morrer e ela disse-me assim: ‘Adeus, beijinhos. Mãe, és uma chata, gosto muito de ti!’ Foram as últimas palavras da minha menina”.

Estava a ver televisão, ouvi que havia dois detidos e, de repente, falam num corpo. Fui a cambalear até casa da minha tia. Ela vinha sempre feliz da casa do pai e chamava a Márcia de segunda mãe. Nunca lhe vi nódoas negras, nada que me chamasse à atenção. Não percebo”.

 

You may also like...