Sargento tramado em vídeo a “tocar-se” em posto da GNR

Ex-Comandante de posto da GNR foi afastado do cargo depois de ter sido acusado de importunação sexual a uma funcionária. Segundo consta, ele ter-se-á apresentado em frente à funcionária e “tocado” em frente a ela, o que motivou uma queixa desta.

O caso tem por base a queixa da empregada de limpeza que terá feito filmagens com câmara oculta. O sargente foi assim afastado das funções de comando e transferido para a sede do destacamento.

 

As imagens chegaram às redes sociais e mostram o sargente de pé, a “tocar-se”, durante o ato está mesmo a falar com a funcionária. E pelo que se percebe, pede a esta que olhe para ela. Ao que ela responde que só olha para o rosto mas não para baixo.

Depois do ator, enrola a toalha que está no chão, e entrega-a à mulher, que depois a coloca para lavar.

 

You may also like...