Companheira de Rui Costa, Sandra esteve à beira da morte

Sandra, foi brutalmente atacada em casa após ter sido enganada com um ramo de flores

Terá sido um dos piores momentos vividos por Rui Costa, quando Sandra, foi agredida brutalmente depois de ter sido enganada com um ramo de flores. A investigação fala em encomenda por motivos passionais.

Sandra tem agora 43 anos de idade, e ao longo dos anos foi sempre o grande amor do antigo craque da Luz e atualmente Presidente do Benfica. Uma história de amor longa, com muito amor, mas também por uma agressão brutal que fez Sandra viver um dos momentos mais aterradores da sua vida.

Antiga hospedeira, está com Rui Costa desde 2016, altura em que assumiram a relação (depois de Rui ter terminado o seu casamento com Rute, a mãe dos seus dois filhos). A antiga hospedeira, que foi o primeiro amor do “maestro, foi brutalmente atacada e esteve mesmo em risco de morrer por causa da gravidade das lesões.

O episódio data a 11 de novembro de 2010, na casa de Sandra, na Damaia, em que a sua casa foi invadida e ela agredida brutalmente. Ela estava sozinha quando tocaram à porta. Quem bateu tapou o óculo da porta com um ramo de flores. A vítima abriu, foi atingida imediatamente nos olhos com gás pimenta, o que não a deixou fixar o rosto dos agressores, e depois foi espancada de forma selvática, com socos e pontapés por todo o corpo.

Foi de tal forma agredida que ficou às portas da morte, ficou em coma e internada duas semanas no Hospital. Rui Costa acompanhou a situação, tendo sido visita assídua na clínica onde ela foi tratada.