Agride GNR que o avisou que não podia beber vinho na rua

Bombeiros acorreram ao incidente, tendo o militar da GNR sido transportado ao Hospital de Santarém, enquanto o agressor foi assistido pelos bombeiros, que no final disse que “estava a gozar, não me dói nada”.

As agressões ocorreram em Muge, Salvaterra de Magos, sendo que o homem de 20 anos foi avisado para estar na rua a beber vinho, já depois das 23h00. Não contente com a abordagem do militar, partiu para as agressões, tendo esmurrado o militar várias vezes!

 

O agressor foi interpelado pela meia noite, quando a GNR foi chamada ao local devido ao ruído na via pública. Ele estava numa mesa de jardim a beber vinho, tendo insultado o militar. Depois partiu para as agressões. O militar reagiu com gás pimenta.

O agressor acabou por fugir, tendo o militar puxado da arma e disparado para o ar, assustando o homem, que caiu para uma esplanada, pegou numa cadeira e atirou contra o militar, tendo depois voltado a esmurrá-lo e mordê-lo. Tendo depois sido detido.

O militar foi para o hospital de Santarém e o agressor assistido pelos bombeiros, para no final dizer “estava a gozar, não me dói nada”.

 

You may also like...