Rui Maria Pêgo vítima de homofobia, responde à letra

A tua mãe deve ficar triste com as tuas figuras”, disse uma seguidora, com outra a acrescentar “Pena seres gay”. Foi assim que Rui Maria Pêgo foi alvo de um ataque homofóbico nas redes sociais, entretanto, não se ficou e expôs esses mesmos ataques. Respondendo “à letra”.

Foi a 5 de junho que o apresentador resolveu mostrar as mensagens homofóbicas de que tem sido alvo. “Pena seres gay” e “Gosto muito da tua mãe e acho que ela fica triste com as tuas figuras”, foram duas das mensagens reveladas. Mas como resposta, fez uma reflexão sobre o preconceito que ainda há na sociedade.

 

Como devem imaginar, eu recebo mensagens destas. Raramente publico aquilo que respondo, porque acho que não vale a pena, mas ainda acontece. Portanto, o ‘pride’ [celebração do orgulho gay] é profundamente necessário, assim como lutar pelos direitos daqueles que são vítimas de diferenciação social por serem de uma etnia que não é aquela que é a mais forte no país, de haver o conceito de raça que nos diferencia, de haver as desigualdades sociais que vêm do facto de a mobilidade social não chegar a todos”, disse o filho de Júlia Pinheiro.

Como privilegiado, penso muito nisto, há uns anos talvez não pensaria tanto, mas agora penso, e tenho tentado aprender. Provavelmente a minha resposta é mais incandescente a esta senhora do que deveria ser, mas também porque isto me ‘bate’, obviamente, que é esta sensação de que primeiro esta senhora é mãe de alguém que provavelmente não pode ser aquilo que quiser”.

Esta resposta tem sobretudo a ver com o medo. Quem é que eu posso ser se me for permitido tudo? Acho que muitas vezes a homofobia vem de um medo qualquer de nos perguntarmos quem seríamos”, concluiu.

 

You may also like...