Grupo raptou, abusou de menor e tentou matar pai da criança

Crime data a junho de 2021, mas só agora é que a Polícia Judiciária deteve três homens suspeitos do crime de rapto, abuso e tentativa de homicídio do pai da criança por recusar casar a filha, de 13 anos, com outro rapaz de igual idade.

Os crimes ocorreram em Leiria, Marinha Grande, as detenções ocorreram na sequência de outras já feitas a 22 de junho, quando na altura foram detidas cinco pessoas por suspeita de prática dos mesmos crimes, agora ficaram em prisão preventiva.

Os crimes ocorreram num fim-de-semana de junho e “foi despoletada pela recusa de uma família em aceitar o casamento da sua filha de 13 anos de idade com um rapaz de igual idade”, revelaram as autoridades.

Os familiares do rapaz de 13 anos, tentaram na altura, matar o pai da menor a tiro, sendo os mesmos que raptaram a criança, abusaram da mesma e libertaram-na no dia seguinte.