Pinto da Costa reeleito presidente do FC Porto com 68.65% dos votos

Este domingo, Pinto da Costa foi reconduzido presidente do FC Porto para os próximos 4 anos. Este é o seu 15º mandato à frente do clube, com 68,65%, atrás de si, ficou a José Fernando Rio, com 26,44% dos votos e Nuno Lobo com 4.91% dos votos.

Desde 1982 que Pinto da Costa está à frente do Porto, as eleições haviam sido agendadas inicialmente para abril, mas foram adiadas para junho devido à pandemia Covid-19! Estas foram as eleições mais concorridas do século.

 

Depois deixou ainda um recado a quem levantou suspeitas sobre as eleições. “Estou muito contente com a forma como decorreu este ato eleitoral. Para quem pôs em dúvida a forma como ele ia decorrer, para quem levantou suspeitas sobre a seriedade que ele ia ter, foi uma resposta que a massa associativa deu de uma maneira extraordinária. Queria congratular-me com este exemplo de vitalidade, de ordem e de respeito e de interesse na vida do clube. Votaram 8480 associados, o que é notável. Não houve o mínimo perigo de infração e de contágio. Foram realmente exemplares”.

Tenho de agradecer a todos os sócios que vieram votar, sinal de que sentem e vivem o FC Porto. E de uma maneira especial àqueles que confiaram em mim. Num momento que não é fácil para ninguém, vieram dar-me um voto de confiança e um sinal de estímulo que é muito importante para as batalhas que se seguem. A única coisa que posso prometer é que colocarei os interesses do FC Porto acima de tudo, farei tudo pelo FC Porto e, obviamente, de tudo aquilo que se passou guardarei as minhas ilações”.

A principal prioridade para o próximo mandato é a construção de um centro de estágios. “São muitas prioridades. É o centro de estágios, é manter a competitividade que apresentamos, crescer a massa associativa e tê-la unida porque somos necessários para os combates que nos esperam. Quero também deitar-me com a consciência tranquila de que fiz aquilo que entendia ser melhor para o FC Porto sem ter medo de ninguém”.

 

You may also like...