Júlia Pinheiro generosa nas suas partilhas

Ela é bastante generosa com o que partilha, falando muitas vezes de si e da sua família. Como desta vez, de forma honesta e descomprometida falou da sua vida familiar. Isto em conversa informal com Sofia Cerveira “Não gosto muito de festas. Estou muito cansada daquela representação que é precisa. Preciso imenso de resguardo, de estar no meu cantinho, preciso de casa”.

Diz que o segredo do casamento é o seu marido Rui Pêgo “Para mim ainda é um verdadeiro mistério ele achar-me graça ao fim destes anos todos. Somos um casal que funciona muito na combinação de esforços. O meu marido tem a logística e contabilidade e eu tenho a parte doméstica e tudo mais. Prefiro mil vezes comer em casa com uma refeição feita por mim do que se calhar ir para um restaurante”, disse.

 

Sobre momentos em que se sente especial revelou “Quando fazemos bem o nosso trabalho e mudamos o destino de alguém. Nesse dia, sinto-me especial. Quando encontro alguém que me diz ‘Em determinada altura da minha vida cruzei-me consigo e mudei de opinião ou fiz isto ou aquilo porque ouvi aquilo que disse”.

Mas a maior revelação foi quando disse sentir-se especial “Quando olho para o espelho, sem óculos de preferência, e acho que ainda sou uma miúda gira”.

 

You may also like...