Outra vez as máscaras

O aumento de casos Covid-19 pelo mundo fora, novas variantes, levou países a proibir o uso de máscaras comunitárias em locais públicos. Mas em Portugal, até ver, a DGS mantém as recomendações em vigor!

No início da pandemia, foi recomendado o uso de máscaras apenas a profissionais de saúde, depois em abril, passaram a ser aconselhadas em espaços interiores fechados com muitas pessoas, e depois a obrigatoriedade, em outubro na via pública, em novembro no local de trabalho! Mas e agora?

 

A Sociedade Portuguesa de Pneumologia (SPP) alertou que a maioria das máscaras caseiras/comunitárias não têm eficácia contra as atuais variantes do coronavírus, sugerindo mesmo o uso de apenas máscaras cirúrgicas! Ou então apenas o uso de máscaras comunitárias certificadas pelo CITEVE, e mesmo em contextos de maior risco, o uso de máscaras FFP2!

No entanto a Ministra da Saúde disse que “Não há ainda recomendações adicionais sobre a questão das máscaras (…) e como é sabido nós temos sempre alinhado as nossas recomendações com as posições internacionais

As máscaras FFP2 bloqueiam entre 90% a 95% das partículas aéreas. Caso se venha a proibir o uso de máscaras comunitárias, cerca de 15 a 20 mil empregos podem estar em risco em Portugal!

Recentemente, o Presidente da República e o primeiro ministro surgiram numa visita ao Hospital das Forças Armadas, Lisboa, com máscaras FFP2!

 

You may also like...