Caso de Mariana Ferrer choca o mundo

Mariana Ferrer acusou André Aranha, empresário, de ter abusado dela contra a sua vontade. Um caso que acabou na justiça, mas que teve uma reviravolta, sendo Mariana sido considerada culpada por ter sido abusada, e André inocentado!

A justiça brasileira declarou que André é inocente no caso contra Mariana Ferrer. Pois declarou que na altura, o empresário não tinha como saber que a jovem não consentia os atos, e por isso, não teve intenção de abusar desta!

 

Mas, o Ministério Brasileiro foi mais longe, e acabou por culpa a brasileira pelo sucedido! Num vídeo que o jornal The INtercept teve acesso, o advogado de André Aranha, surge a agredir e humilhar a influenciadora. Este apresentou fotografias tiradas pela jovem antes do encontro com o empresário.

Durante a audiência, Mariana ouviu o advogado a dizer que jamais teria uma filha do nível de Mariana. Esta desabou em lágrimas e o advogado atirou “Não adianta vir com esse teu choro dissimulado, falso e essa lábia de crocodilo”.

Atores e cantores não estão indiferentes a este caso. Bruna Marquezine lamentou, enquanto a artista IZA recordou que “‘violação culposa’ não existe”. “Justiça por Mariana Ferrer”, pediu Deborah Secco.

Também a ex-concorrente do “Big Brother” Ana Catharina manifestou a sua revolta: “A justiça brasileira é a única que defende um violador e acusa a vítima. É a única que trata a vítima como culpada e a humilha na audiência em que deveria protegê-la. E a sentença é: direito a tratamento psicológico para ela e para a família paga pela casa de festa onde ela trabalhava??? Que vergonha! E ainda o culpado de violação sai ileso, protegido por uma lei que nem existe! Violação culposa? Como é que alguém viola sem querer????? Isso não pode acontecer! Esse não pode ser o fim desse caso absurdo!”.

Mariana Ferrer acusou André Aranha em 2019. A violação terá acontecido no ano anterior, durante um evento no Café de La Musique, em Florianópolis.

You may also like...