Liliana Campos já pensou em suicídio

Ao falar do seu grande amigo Pedro Lima, Liliana Campos, assumiu publicamente que ela própria já passou por uma grande depressão. Depressão após a morte da sua mãe, em que pediu mesmo ajuda psiquiátrica.

A depressão é uma doença que tem de ser tratada como tal. Não é um capricho nem ninguém está maluco. Só quem sente aquela dor e aquela angústia no ponto em que o Pedro estava, é que percebe o quão paralisante pode ser”.

 

Eu própria já passei por isso. Graças a Deus socorri-me das pessoas certas. Agradeço muito à doutora Rosa Basto, à minha psiquiatra a doutora Ana, e soube sentir os sinais e procurar, a seguir a um momento de grande tristeza que foi a partida da minha mãe”.

Mas, se quer que eu lhe diga, se alguma vez pensei em suicídio? Pensei. E pensei que se calhar era melhor não estar aqui. Graças a Deus que tudo isso desapareceu e que não aconteceu nada. Mas só quem sente aquela dor e aquela angústia no ponto em que o Pedro estava, é que percebe o quão paralisante pode ser, em relação a ver uma saída”.

 

You may also like...