Homem indiciado por crime de propagação de doença

Mentiu sobre o seu estado de saúde e agora incorre em crime de propagação de doença! Pois os elementos do INEM e do hospital que acudiram o homem, não sabiam que este estava infetado!

A chamada para o 112, devido a dor torácica, o homem não indicou estar infetado com Covid-19! Só depois de ter dado entrada no hospital de Santo António é que foi detetado como tal. Quando lhe questionaram se estava infetado, o homem disse que não ao 112. À chegada ao Hospital Santo António, a equipa médica detetou que ele era doente Covid-19, tendo sido testado como positivo há coisa de 2 semanas.

 

INEM, bombeiros, doentes e profissionais de saúde do hospital ficaram assim em risco de contágio sem o saber! Agora o homem incorre numa pena máxima de 8 anos, devido ao crime de propagação de doença!

 

You may also like...