Georgina Rodriguez grata pela situação económica boa, mas nem sempre foi assim

Em entrevista a uma revista espanhola, Georgina Rodriguez, falou da sua vida privada e dos seus sonhos. Recordou a sua infância complicada, e depois da mudança da sua vida, quando conheceu Cristiano Ronaldo!

Diz que tem uma vida privilegiada, mas nem tudo é um mar de rosas, diz que apesar do dinheiro e da fama, é a mesma, mas que ainda assim o comportamento das pessoas à sua volta, mudou!

 

A minha vida mudou muito, mas a minha essência não. Uma pessoa é como é. A essência, segundo Platão, é invariável, permanente, imutável. A minha alma não muda, enriquece”.

Família, saúde, amor e felicidade. O dinheiro compra coisas materiais, mas ninguém vai levar essas coisas para o túmulo. É preciso ser feliz com o básico: gratidão pela saúde e amor dos nossos”.

Tenho uma situação económica boa e sou grata, mas nem sempre foi assim e tenho consciência dos dois extremos porque já o vivi. Valorizo ​​o que tenho mais do que qualquer outra pessoa. Tal como o Cristiano, que também viveu uma infância muito humilde, sem luxos”.

Ela quer uma vida tranquila, refere ainda que teve contactos de várias pessoas, mas “interesseiras”… pois a vida que leva, atrai muita gente com más intenções. Sendo esse o lado menos bom da fama…

Infelizmente, há muita inveja em torno da minha vida e da do Cristiano. A inveja é um sentimento que apodrece o Ser Humano, que não o faz evoluir e o enche de ódio e ressentimento”.

Falou da maternidade, que a ajudou a evoluir como pessoa, e que se preocupa mais com os filhos do que com a sua vida… “Educamos os nossos filhos na base do amor, bondade, respeito, no espírito de sacrifício, na gratidão e consciência de um estilo de vida saudável”.

O que me preenche na vida é a minha família”, terminou!

 

You may also like...