Mulher de 109 anos atravessa a 3ª pandemia

Emília Pinho Costa, nascida em Bustelo, distrito de Aveiro, aprendeu aos 13 anos as lides de costura e bordados e aos 19 estava casada. Hoje, já viúva, conta com sete filhos, 14 netos, 20 bisnetos e cinco trinetos. Celebrou agora 109 anos, tendo sido descrita por um familiar como saudável em tempos de Covid-19, tendo já resistido a uma pandemia de gripe espanhola em 1928 e à tuberculose.

É uma pessoa muito ternurenta, bem-disposta e, quando está mais lúcida, torna-se um poço sem fundo de histórias porque tem uma memória fenomenal”, disse à Lusa o seu sobrinho Simão Godinho. Além de ter dito ainda que “Sobrevivi à gripe espanhola e à tuberculose, tendo perdido o meu pai. Passei pela I e II Guerra Mundial e aqui estou. A graça do Senhor é grande: vamos vencer esta pandemia e ficar bem”.

 

A sénior acaba por deixar uma recomendação “Devemos enfrentar esta pandemia com coragem, não sair de casa para nos protegermos e orar pela Humanidade como fez o Papa Francisco, sozinho, na Praça de São Pedro”.

Até o Presidente da Câmara Municipal de Oliveira de Azeméis falou do aniversário de Emília Costa “A sua longevidade é um sinal de esperança e confiança no futuro”.

 

You may also like...