Eletrodomésticos deixam de ter classes A+, A++ e A+++

As classes dos eletrodomésticos, A+, A++ e A+++, vão deixar de aparecer. A partir desta segunda-feira, vamos regressar às etiquetas energéticas com escalas entre A e G, deixando as A+, A++ e A+++ de fora!

Isto acontece apenas para 4 dos 15 grupos de produtos atualmente abrangidos por estas etiquetas: máquinas de lavar louça; máquinas de lavar roupa e máquinas combinadas de lavar e secar roupa; aparelhos de refrigeração, incluindo aparelhos de armazenagem de vinhos; ecrãs eletrónicos, incluindo televisores, monitores e ecrãs de sinalização digitais.

 

Inicialmente a escala energética era compreendida entre A e G, sendo desde a década de 90 uma das ferramentas de apoio aos consumidores na escolha dos produtos, mas com a evolução tecnológica, houve necessidade de informar quais os mais eficientes e assim aparecer as classes A+, A++ e A+++.

Classes que esgotaram o seu potencial em 2017 e a CE emitiu um novo regulamento para serem reescalonadas as etiquetas e o regresso à escala entre A e G!, acabando assim as classes adicionais.

 

You may also like...