Jovem de 14 anos pode ter descoberto cura para Covid-19

Uma jovem estudante de apenas 14 anos, Anika Chebrolu, pode estar a fazer história. Ela estava a estudar pandemias quando surgiu o vírus SARS-CoV-2, e fez uma descoberta que pode ajudar a combater a pandemia, encontrando assim uma cura!

Natural de Frisco, Texas, ganhou um prémio de 25 mil dólares, no concurso ‘3M Young Scientist Challenge’, pois fez uma descoberta que pode levar a um possível tratamento para a Covid-19! Recorrendo a uma base de dados com 682 milhões de compostos e um programa informático, foi possível descobrir como e onde é possível unir uma determinada molécula ao vírus SARS-CoV-2 e assim deter a sua propagação!

 

Nos últimos dois dias, percebi que há muito interesse mediático no meu projeto porque envolve o vírus SARS-CoV-2 e reflete a nossa esperança coletiva para acabar com esta pandemia e eu, como toda a gente, quero que voltemos ao normal depressa”, disse Anika à CNN!

Ela trabalha neste projeto desde o oitavo ano, e foi iniciado não devido ao novo coronavírus, mas sim à gripe! Inicialmente era para usar o método “in silico” ou seja, através de uma simulação de computador – para identificar um composto que se pudesse unir a uma proteína do vírus da gripe.

Depois de passar tanto tempo a pesquisar pandemias, vírus e descoberta de terapêuticas, foi uma loucura pensar que realmente estava a viver algo como isto [pandemia do novo coronavírus]. Por causa da imensa gravidade da pandemia de Covid-19 e do impacto drástico que teve no mundo em tão pouco tempo, eu, com a ajuda do meu mentor, alterei o objetivo para combater o vírus SARS-CoV-2”, disse.

O seu trabalho não está terminado e contará agora com a colaboração de cientistas e investigadores para “controlar a morbidade e mortalidade” da pandemia, desenvolvendo a sua descoberta até chegar a uma cura.

 

You may also like...