Advogada de Rosa Grilo acusada de plantar provas

A advogada de Rosa Grilo, Tânia Reis, foi acusada pelo MP de ter simulado um crime, posse de arma e favorecimento pessoal. Além dela, também um consultor forense foi acusado. Segundo a TVI24, em causa está o aparecimento de uma cápsula de projétil numa banheira da casa de Rosa Grilo.

É que segundo a acusação, essa foi uma prova plantada pela defesa com o objetivo de lançar a dúvida em tribunal sobre quem teria assassinado Luís Grilo. Uma acusação conhecida no mesmo dia em que Rosa Grilo e o amante, António Joaquim, foram condenados a 25 anos de prisão pelo homicídio de Luís Grilo!

 

You may also like...