Filho armazena cadáver da mãe em porão para receber mensalmente a pensão

De acordo com a BBC News, durante um ano, um austríaco de 66 anos manteve o corpo da mãe num porão. Qual era o objetivo? Receber o pagamento da pensão!

Suspeita-se que a mulher de 89 anos morreu em junho de 2020. As autoridades austríacas também adiantam que ela sofria de demência. O seu corpo foi conversado com gelo e areia de gato, com o intuito de disfarçar o cheiro.

Ilegalmente, o filho recebeu cerca de 50 mil euros em benefícios.