Erro médico deixa jovem com necessidade de ajuda para se mexer

Durante parto, é comum dar-se uma anestesia, a chamada epidural. Essa anestesia é dada com recurso a um cateter que é introduzido na coluna. Só que com esta mulher, não correu bem, sendo que os médicos não conseguiram tirar o cateter da epidural, este enrolou-se na “espinha” e acabou por ter que ser transferida duas vezes de hospital para conseguirem remover o cateter.

Resultado, já em casa, a jovem mãe precisa de ajuda para se mexer de um lado para outro. Esta é a história de Selena Gray, 18 anos de idade. O parto até correu com normalidade, mas a recuperação, foi conturbada! O caso ocorreu no Hospital Sacred Heart Hospital, Pensacola, Flórida.

 

Deu à luz na madrugada de 26 e deu a conhecer a 28 de junho, que os médicos estavam com dificuldades em remover o cateter da sua coluna!

Foi então transferida de hospital, onde se recusaram a remover o cateter. Entretanto este enrolou-se na espinha, e foi novamente transferida para outro hospital, onde removeram o cateter com segurança, mas já com danos para a saúde da jovem Selena!

Vídeo mostra dificuldades da jovem mãe a se locomover em casa.

 

You may also like...