DONATIVOS: família pede ajuda para pagar trasladação de português assassinado

DONATIVOS: família pede ajuda para pagar trasladação de português assassinado

No Jardim Arco Verde em Anápolis (Brasil), um jovem de 29 anos foi abatido com três tiros na cabeça. Agora, a família de Joaquim Pinto está a solicitar ajuda para pagar a transladação do corpo.

“Os custos são elevados e nós temos fracos recursos. O que estamos a passar é muito doloroso a todos os níveis, mas toda a ajuda, por menor que seja, é muito bem-vinda… Quem quiser oferecer, por exemplo, coroas ou ramos de flores, que as substitua por um donativo para nos ajudar. Mas só o facto desta mensagem ser passada de boca em boca já é ótimo para nós”, disse Pedro Pinto, irmão da vítima.

Joaquim Pinto deixa duas filhas menores de quatro e oito anos, as quais residem no Brasil. Ainda não se sabe qual a motivação do crime. “Não sabemos a razão de o meu irmão ter sido assassinado, nem quem foi o autor do crime. Já fomos contactados pelas autoridades mas não nos disseram grande coisa”, frisou o seu irmão.

Deixe um comentário